2015

Tutores

  • Agustina Chiarino

    É coordenadora do Comitê de Desenvolvimento de Projetos no Canal 10 do Uruguai, docente universitária e atua internacionalmente dando oficinas, tutorias e assessorias em atividades de formação e como júri em fundos e festivais. Em 2007, associou-se à Control Z Films, pela qual produziu os filmes Gigante (Biniez), Tanta água(Guevara-Jorge), Hiroshima e 3 (Stoll). Em 2011, fundou com Fernando Epstein a Mutante Cine. Através dela, produziram El 5 de talleres (Biniez) e foram coprodutores minoritários deHistoria del miedo (Nahistat) e Mi amiga del parque (Ana Katz). Também organiza oficinas de capacitação como o Puentes, com a EAVE.

  • Eliseo Altunaga

    Roteirista, narrador e consultor. Decano da cátedra de Roteiro da EICTV e professor de Roteiro na Universidade de La Habana (Cuba). Escreveu filmes, séries e novelas, dos quais se destacam Violeta se Fue a los Cielos – vencedora em Huelva e Sundance –, Machuca, Tony Manero, e No – indicado como Melhor Filme Estrangeiro para o Oscar.

  • Fernanda De Capua

    Fernanda De Capua é produtora, roteirista e consultora audiovisual. Produziu o curta Submarino, os longas Sonhos de Peixe e Casa Grande e os documentários Violencia S.A., Se eu demorar uns mesese Quem Matou Eloá. Para a TV, Fernanda produziu o programa Capital Natural e a série Arte Ativa. Em 2017, escreveu e co-dirigiu a série Insustentáveis para TVs públicas. Já ministrou oficinas no BrLab, Bolivia Lab, Colômbia, Costa Rica, Icumam Lab – Goiânia e República da Georgia. Atualmente se dedica à função de script doctor e roteirista, e escreve a série Noventa, contemplada no Prodav 05.

  • Fernanda del Nido

    Nasceu em Buenos Aires, se mudou para a Espanha, onde desenvolve sua carreira profis- sional. Na TIC TAC, liderou: Polvo (Julio Hernández Cordón, 2012); Tralas Luces (Sandra Sánchez, 2011); 18 Comidas (Jorge Coira, 2010); ¿Qué Culpa Tiene el Tomate? (ómnibus, 2009). Também participa como coprodutora em Tata Cedrón, el Regreso de Juancito Caminador, de Fernando Pérez; Design Detrás das Grades, de Margarita Leitão, e Agua Fría de Mar (Paz Fábrega, 2010). E, na SETEMBRO CINE, atualmente está preparando a estreia de Neruda, de Pablo Larraín (2016), e trabalhando em Una mujer fantástica de Sebastián Lelio e Princesita de Marialy Rivas, ambas previstas para 2017.

  • Miguel Machalski

    Nascido em Buenos Aires de pai polonês e mãe inglesa, está radicado em Paris há muitos anos. Especialista internacional em todos os diferentes aspectos do desenvolvimento e da criação de roteiros cinematográficos: análise, assessoria, ensino e escritura. Realiza oficinas e consultorias em diferentes países e publicou três livros sobre escrita audiovisual.

  • Juliana Rojas

    Juliana Rojas formou-se em Cinema pela ECA-USP em 2005. Escreveu e dirigiu, em parceria com Marco Dutra, os curtas O lençol branco (Seleção Oficial do Cinéfondation em 2005), Um ramo (Prêmio de Melhor Curta da Semaine de la Critique em 2007) e As sombras, bem como o longa Trabalhar cansa (Seleção Oficial da seção Un Certain Regard do Festival de Cannes em 2011). Também escreveu e dirigiu os curtas Vestida, Pra eu dormir tranquilo (prêmio de Melhor Curta em Toulouse em 2011) e O duplo (Menção Honrosa na Semaine de la Critique em 2012), e o longa Sinfonia da necrópole. Trabalha como montadora, e é membro do coletivo Filmes do Caixote.

  • Paula Astorga

    É formada no Centro de Capacitación Cinematográfica, se especializou em Direção e Produção (1999). Depois de muitos anos dirigindo comerciais e videoclipes, passou a atuar como promotora do audiovisual e como produtora. Em 2004 fundou o Festival Internacional de Cinema Contem – porâneo FICCO (2004-2008). Em 2010 assumiu a direção geral da Cinemateca Nacional do México (2010-2013). Participou como jurada no BAFICI, Miami International Film Festival, RMFF, FICUNAM, FIC Valdivia, Seminci em Valladolid, na Quinzena de Realizadores do Festival de Cannes para o Prêmio Europa Cinemas Label, e recentemente no Festival de Mar del Plata.