BrLab 2011

Apresentação BrLab

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese and European Spanish. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in this site default language. You may click one of the links to switch the site language to another available language.

Um laboratório de ideias para América Latina

 

   Cada vez mais é reconhecido o papel fundamental das redes de formação e coprodução no cenário mundial de empreendimentos audiovisuais, tanto no que se refere ao desenvolvimento de projetos, financiamento e realização de filmes, quanto à comercialização, promoção e distribuição.

    Nos últimos anos vemos a expansão de novas iniciativas em torno da criação de laboratórios de desenvolvimento de projetos, possibilitando redes de coprodução, encontros, concursos, oficinas de diversos tipos. O BrLab é um pioneiro espaço brasileiro dedicado ao desenvolvimento de projetos de longas-metragens latino-americanos e teve, em sua edição inaugural, grande procura por parte de diretores, produtores e roteiristas da região, comprovando a necessidade da iniciativa no país.

   Nesse novo espaço, diretores, roteiristas e produtores latino-americanos podem trocar experiências e trabalhar seus projetos de forma intensiva em um ambiente de imersão, em contato com outros realizadores, empreendedores, consultores e palestrantes de diferentes nacionalidades.

    O BrLab é uma atividade da Associação do Audiovisual em parceria com a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, com apoio da Cinemateca Brasileira, da Sociedade Amigos da Cinemateca, do Programa Ibermedia, do Ministério das Relações Exteriores e do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Na sua primeira edição recebeu o significativo número de 258 propostas, vindas de 16 países latino-americanos.

   Durante um período de nove dias, representantes dos projetos selecionados dispõem de consultoria aos seus roteiros e às suas produções, ministrada por especialistas de reputação internacional. As atividades incluem ainda palestras e encontros com profissionais nacionais e internacionais.

    Na categoria Estreantes, participam do BrLab 2011 projetos da Argentina, Brasil e México. A categoria Não Estreantes é dedicada a diretores com no máximo dois longas-metragens realizados, e nela estão reunidos trabalhos do Brasil, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México e Uruguai.

    É com a expectativa de ver nos próximos anos essas histórias projetadas na tela, que agradecemos a todos os colaboradores e apoiadores e damos as boas-vindas aos participantes da primeira edição do BrLab.

 

Direção BrLab
Maria Dora Mourão, Francisco Cesar Filho, Jurandir Müller e Rafael Sampaio