BrLab 2018

Prêmios

    PRÊMIO DESENVOLVIMENTO VITRINE FILMES

    PRÊMIO DESENVOLVIMENTO VITRINE FILMES

    Na 8ª edição do BrLab – desenvolvimento de projetos audiovisuais, a Vitrine Filmes, distribuidora parceira do laboratório desde 2012, outorgará pela segunda vez um prêmio para um projeto brasileiro. O Prêmio Desenvolvimento Vitrine Filmes será oferecido a um dos 6 projetos brasileiros participantes e consistirá no investimento de R$ 70.000,00 vinculado à contemplação da empresa distribuidora pela Chamada Pública do PRODAV 06/2017, de modo que, para concorrer ao Prêmio, os responsáveis pelo projeto selecionado deverão estar de acordo e atender ao edital da referida Chamada Pública e seguir todas as orientações para contratação. A execução deverá seguir o regulamento geral do Prodav e o investimento deverá ser direcionado ao desenvolvimento do projeto premiado. O anúncio do projeto selecionado para investimento pela Vitrine Filmes será feito durante a cerimônia de premiação da edição de 2018 do BrLab, e a contratação e condições serão estabelecidas diretamente com a outorgante do Prêmio e deverão seguir as normas do Edital. Em 2017, o projeto vencedor do Prêmio Vitrine de Desenvolvimento foi “Criadas”, de Carol Rodrigues.

    PRÊMIO AQUISIÇÃO VITRINE FILMES

    PRÊMIO AQUISIÇÃO VITRINE FILMES

    Fundada em 2010 por Silvia Cruz, a Vitrine Filmes é uma empresa dedicada principalmente à distribuição de filmes brasileiros, que busca a valorização do cinema nacional e do cinema independente mundial através dos seus títulos internacionais. Em sete anos, a Vitrine Filmes distribuiu mais de 90 filmes. Entre seus maiores sucessos estão: “Hoje eu quero voltar sozinho”, que alcançou mais de 200 mil espectadores; “O som ao redor”, de Kleber Mendonça Filho, considerado pelo “New York Times” um dos melhores filmes de 2012; o americano “Frances Ha”, indicado ao Globo de Ouro em 2014; “Mãe só há uma”, de Anna Muylaert, diretora do premiado “Que horas ela volta?”; e “Aquarius”, segundo longa de Kleber Mendonça Filho que competiu no Festival de Cannes e levou mais de 350 mil espectadores aos cinemas. A Vitrine Filmes reafirma seu compromisso com o cinema latino-americano e ibérico ao apoiar o BrLab pelo sétimo ano consecutivo, através da concessão de um prêmio aquisição a um projeto estrangeiro participante das atividades. Em 2017, o projeto vencedor do Prêmio Aquisição Vitrine Filmes foi “Légua”, de João Milller Guerra e Filipa Reis.

    PRÊMIO FIGA FILMS

    PRÊMIO FIGA FILMS

    A FiGa Films é uma produtora, distribuidora e agência de vendas internacionais. Seu acervo em constante crescimento conta com filmes premiados, reconhecidos pela crítica, e que estreiam nos melhores festivais do mundo – como “Pelo malo”, ganhador da Concha de Ouro no Festival de San Sebastián. Fundada em 2006, a FiGa logo se constituiu como uma voz verdadeiramente independente para o que há de melhor na produção audiovisual no mundo, com foco especial na América Latina. Relações duradouras com um enfoque pessoal são fundamentais no trabalho de seus cofundadores, Alex Garcia e Sandro Fiorin. A missão da FiGa é selecionar e adquirir os direitos de projetos de documentário e/ou ficção com relevância social e de diretores em ascensão para licenciá-los internacionalmente. Como coprodutora, seu primeiro filme, “Verano de Goliat”, de Nicolas Pereda (México, 2010), ganhou o Leão de Ouro em Veneza. “Cinema novo” (Brasil, 2016), Melhor Documentário em Cannes, e “El amparo” (Venezuela, 2016), Melhor Filme e Roteiro na Mostra de São Paulo, são alguns dos títulos mais recentes representados pela empresa. O Prêmio Aquisição FiGa/Br será concedido a um dos projetos brasileiros participantes do BrLab 2018 com maior potencial para o mercado internacional. Em 2017, o prêmio foi concedido a “Criadas”, de Carol Rodrigues.

    PRÊMIO CINÉMA EN DÉVELOPPEMENT

    PRÊMIO CINÉMA EN DÉVELOPPEMENT

    O Cinéma en Développement é um espaço projetado como um local de encontros entre profissionais da América Latina e da Europa, e não tem o intuito de se caracterizar como mercado. O objetivo da plataforma é que profissionais que desejem descobrir talentos e projetos interajam com produtores e diretores que estejam desenvolvendo seus filmes e queiram criar ou fortalecer sua rede de contatos profissionais. O Cinélatino Rencontres de Toulouse e o BrLab se uniram, desde 2013, com o objetivo de dar continuidade em Toulouse ao trabalho de apoio a diretores e produtores brasileiros cujo projeto tenha sido selecionado conjuntamente. Desde então, os projetos “Paterno” (2013), “A morte habita à noite” (2014), “O filho plantado” (2015) e “Sábado morto” (2016) foram os selecionados para participar do programa. Esta aliança pretende manter na Europa a dinâmica de formação e de apoio iniciada na América Latina, e com isso permitir que um dos projetos participantes se beneficie de um programa personalizado, com sua apresentação nos encontros “1-a-1” do Cinéma en Développement, junto a profissionais relevantes da indústria, com estudos de casos e acesso às projeções do Cinéma en Construction. O Cinéma en Développement ocorrerá no marco da plataforma profissional do Cinélatino 31º Rencontres de Toulouse (22 a 31 de março de 2019). A participação dos profissionais brasileiros vinculados ao projeto selecionado contará também com o apoio da ANCINE-Agência Nacional de Cinema. Em 2017, o prêmio do Cinéma en Développment foi concedido a “Criadas”, de Carol Rodrigues.

    PRÊMIO TFL UP & COMING

    PRÊMIO TFL UP & COMING

    O TFL Meeting Event acontece todos os anos, em paralelo ao Torino Film Festival, e ocorrerá nos dias 23 e 24 de novembro de 2018. Este evento é a mostra anual dos projetos, talentos e filmes desenvolvidos no TorinoFilmLab, e promove um fórum global de coprodução para filmes independentes (com foco em diretores emergentes), uma apresentação dos profissionais treinados dentro do programa, e uma iniciativa em andamento. Por último, mas não menos importante, o evento é o momento em que os melhores projetos são reconhecidos com prêmios e financiamento de produção. Em 2017, o evento TFL Meeting foi enriquecido pelo lançamento de uma nova iniciativa: TFL Up & Coming. O objetivo desta ação é apoiar os produtores emergentes não europeus participantes do TFL Meeting Event, oferecendo-lhes um “pacote de boas-vindas” especial e maior visibilidade. Este grupo de produtores internacionais emergentes selecionados receberá orientação dedicada para o fórum de coprodução e ajuda para navegar no contexto de trabalho acelerado do evento. Além disso, eles se beneficiarão de um plano de atividades especial e personalizado no dia 22 de novembro, com o objetivo de conectá-los a parceiros potenciais, ampliando sua rede de contatos no setor e, ao mesmo tempo, impulsionando seus conhecimentos e experiência em coproduções, mercados e esquemas de financiamento europeus. O TorinoFilmLab criará para eles um programa específico, com masterclasses e estudos de caso sobre os seguintes temas: – Como coproduzir com a Europa – Mercados e fóruns europeus de coprodução – Esquemas de financiamento europeu e incentivos fiscais – Vendas globais Todos os tópicos mencionados acima serão apresentados e examinados em profundidade por profissionais europeus altamente qualificados, que participam regularmente dos programas de formação do TFL. Após estas primeiras sessões de treinamento, os produtores da TFL Up & Coming se juntarão aos outros convidados no programa TFL Meeting Event, que inclui apresentações públicas de projetos desenvolvidos pelo TFL, reuniões 1-a-1, e momentos dedicados a networking. Para garantir a máxima visibilidade dos produtores da TFL Up & Coming, seus perfis serão incorporados no Catálogo TFL 2018 e cada um terá dedicada uma página. Isto proporcionará um grande valor agregado em termos de exposição, o que lhes ajudará a fortalecer suas conexões com o setor. Em 2017, o prêmio TorinoFilmLab foi concedido a a Nayra Ilic, produtora do projeto “El otro lago”, de Francisca Silva.

    PRÊMIO CONSULTORIA CESNIK, QUINTINO & SALINAS ADVOGADOS

    PRÊMIO CONSULTORIA CESNIK, QUINTINO & SALINAS ADVOGADOS

    CQS Advogados é especializado em consultoria jurídica para planejamento, estruturação e viabilização de modelos de negócio para os mercados de entretenimento, tecnologia e terceiro setor e, desde 1996, contribui para a profissionalização e o crescimento desses mercados no Brasil, e com isso se tornou referência, tornando se referência. Na oitava edição do BrLab – Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais, pela segunda vez, o Cesnik, Quintino & Salinas Advogados oferecerá um prêmio de assessoria jurídica por até seis horas a um dos projetos participantes da presente edição do laboratório. O prêmio será outorgado ao mesmo projeto premiado pelo TorinoFilmLab e poderá ser utilizado para assessoria jurídica envolvendo direito brasileiro ou consultoria para estruturação de modelos de negócio.

    PRÊMIO TRIBECA FILM INSTITUTE

    PRÊMIO TRIBECA FILM INSTITUTE

    O Tribeca Film Institute selecionará 1 (um) projeto de longa-metragem de ficção participante do BrLab 2018 para participar do mercado de coprodução TFI NETWORK no Festival de Cinema de Tribeca de 2019. O Prêmio incluirá um auxílio financeiro de US$ 1.500,00 para cobrir as despesas de estadia de três dias em Nova York, em abril. Em 2017, o prêmio Tribeca Film Institute foi concedido ao longa-metragem “Sahar”, de Vera Egito.

    PRÊMIO C/AS4ATRO

    PRÊMIO C/AS4ATRO

    O c/as4atro é um coletivo de produtoras executivas que tem em seu perfil diferentes e complementares áreas de atuação na produção audiovisual, ensino e consultoria para longas-metragens e séries de TV. Desde novembro de 2016, o coletivo começou sua história prestando consultoria de produção para diversos projetos, entre eles, a série de TV “Filhos do mar” da Flo Filmes de Goiânia; “Felipa e o foguete”, telefilme da Pira Filmes, de Goiânia; “O reflexo do lago”, da Claritê Produções, do Pará, que recentemente foi contemplado no Prodecine 5; a série “Matches”, da Midigal Filmes, do Rio de Janeiro; “Expedicionários do Brasil”, da Schurmann Filmes, de São Paulo; Canal Futura, entre tantos outros. Fomos responsáveis pela produção executiva da série para TV “Insustentáveis”, da Cérberos Filmes (MT) e coprodução da Vermelho Filmes (SP), filmada na Chapada dos Guimarães. Na área de educação, estamos nos laboratórios de desenvolvimento de projetos do FSA/PRODAV 4 da Ancine com a Klaxon Cultura Audiovisual; ministramos cursos e aulas nos Centro Cultural BARCO e Instituto de Cinema em São Paulo, além de oficinas em festivais e cursos em parcerias com instituições pelo Brasil, tais como o Icumam Lab de Goiânia e Sebrae. Por acreditarmos que podemos e devemos ser a mudança que queremos ver no mundo, prestamos consultoria para diminuição do impacto ambiental nas produções audiovisuais, através da Cinema Verde. Somos Ariene Ferreira, Daniela Aun, Mariana Brasil e Mylena Mandolesi. Somos 4 mulheres que, juntas, queremos e podemos criar novas formas de trabalho, que tragam autonomia, prosperidade e respeito, através de um ambiente saudável. Queremos democratizar nossos talentos e assim, potencializar outros, em todo o país. Somos transmissoras de conhecimento, tecemos o dia a dia com ideias, entrelaçamos possibilidades e parcerias. E este ano, em parceria com o BrLab, premiaremos 1 projeto com 06 horas de consultoria em produção executiva. Do planejamento de produção a questões pontuais de editais, ou mesmo dúvidas sobre o setor audiovisual, negociações e parcerias, nosso objetivo é agilizar os processos, destravar etapas etapas para criar juntos uma produção saudável e possível. Em 2017, o Prêmio c/as4tro foi concedido a “Nxiamu”, de Maurílio Martins e Thiago Sobreiro.