Apresentação – BrLab


BrLab 2014: Consolidando parcerias e caminhos

É quase anedótico o episódio que vivi na Costa Rica logo após a realização da primeira edição do BrLab, em 2011, na cidade de San Jose. Desde a criação deste laboratório – primeiro e único espaço para desenvolvimento de projetos no Brasil que inclui também projetos estrangeiros na base de sua concepção, metodologia e estratégia –, já contamos afortunadamente com o apoio de diversas instituições, empresas, pessoas e eventos parceiros para realizar a cada ano uma nova edição do evento.

Em 2011, logo na primeira edição, firmamos um convênio importante com a Cinergia, uma instituição de peso cujos programas vêm colaborando para o desenvolvimento de parte significativa da produção audiovisual na América Central. Naquele ano fomos convidados a acompanhar mais de perto seus projetos e, com isso, tive a honra de participar como jurado de sua convocatória. Fiz parte de uma mesa em que se discutia a atuação por décadas do Rotterdam Lab e do Cinemart como atividades paralelas ao International Film Festival Rotterdam, além da enorme contribuição de seus famosos fundos internacionais de apoio ao cinema. Nesta ocasião, coube a mim – e por isso digo que a experiência foi anedótica – apresentar o projeto do BrLab, que em 2011 ainda se tratava apenas de uma promessa futura de constituição de um espaço no Brasil propício ao encontro e à troca de experiências do mercado audiovisual entre países da América Latina.

É evidente que durante este período de quatros anos, desde a primeira edição, muito já foi feito, e acreditamos que a cada ano trilhamos o melhor caminho para a consolidação de nossas conquistas e parcerias. Temos clareza de que podemos continuar avançando, a contar pelo que já vivenciamos no que diz respeito à confiança e generosidade de cada participante com seu projeto selecionado, a contribuição de tutores e palestrantes, assim como de todos os parceiros institucionais e a equipe que se empenham na realização de cada edição.

Em nossa parceria com a Cinergia, pudemos notar neste ano o resultado expressivamente positivo dos trabalhos inscritos na convocatória por empresas produtoras da região centro-americana, tanto que nesta edição contaremos com quatro projetos da América Central (dentre as oito vagas para projetos estrangeiros), que muito se deve ao trabalho realizado de forma continuada pela instituição. Ainda em 2014, vale sublinhar, passamos a contar com o apoio especial da RECAM para participação de projetos de pequenas produtoras do Mercosul, mais uma nova aliança que promete ser duradoura e ampliada. E, coincidência ou não, em 2011 o BrLab nascia, ainda sem saber, no último ano de uma gestão abençoada do Ministério da Cultura, em que o Ministro à época viria a ser o mesmo Secretário Municipal de Cultura responsável pelo estabelecimento da SP Cine, cuja parceria e correalização veio contribuir expressivamente para a nossa continuidade em 2014.

Por fim, gostaria de manifestar nossos agradecimentos a todos que contribuem para o fortalecimento de nossas alianças e o sucesso de nossas realizações.

Rafael Sampaio
Diretor